Baby Led Weaning – Qual o papel dos Médicos de Família?

Data e Hora

30 de Março, 2022
14:00
15:30
Sala 1

Descrição

O aconselhamento sobre a diversificação alimentar tem seguido moldes tradicionais, com a introdução de alimentos por tipologia e etapas, oferecidos à criança com uma colher, a partir dos 6 meses de idade. No entanto, um método alternativo, designado por “baby-led weaning” (BLW), ou desmame guiado pelo bebé, tem ganho popularidade entre os pais em anos recentes. Consiste em iniciar a diversificação alimentar com a oferta de pedaços de alimentos sólidos, preferencialmente da refeição familiar, com adaptações, que o bebé ingere com o uso das suas mãos, promovendo a autoalimentação a partir dos 6 meses de idade. Desta forma, encoraja-se a criança a provar qualquer alimento, sem haver uma ordem específica para introduzir os alimentos e sem o recurso a alimentos na forma de puré.

Baseia-se na premissa de que criança saudáveis apresentam capacidade motora de se autoalimentar de forma autónoma e respondem de forma inata aos estímulos de apetite e saciedade, respeitando o seu ritmo e escolhas no momento da refeição, tal como ocorre durante o aleitamento materno exclusivo. Permite a introdução mais acelerada de diferentes alimentos, o desenvolvimento psicomotor, com o uso das mãos e o treino da deglutição e mastigação, e ajuda a reconhecer os alimentos seguros para ingestão. Tem ainda benefícios como a partilha do momento da refeição com os pais, que conseguem exemplificar comportamentos adequados durante a refeição e escolha de alimentos, aumentando a satisfação de ambos no período de refeições.

Devido ao aumento da popularidade deste método, os Médicos de Família devem estar preparados para esclarecer dúvidas sobre o tema e auxiliar os pais a implementar o método que desejarem de forma segura para a criança. A prevenção de défices nutricionais, monitorização do crescimento estatura-ponderal, e a precaução com o risco de engasgamento e asfixia, devem estar presentes e ser transmitidos aos pais com apoio na evidência existente.

Objetivos

  • Refletir sobre a experiência dos participantes em lidar com este método de diversificação na sua prática clínica.
  • Alargar o conhecimento sobre o BLW, nomeadamente em que consiste, quais os riscos e benefícios e como auxiliar a preparação dos pais.
  • Reconhecer quais os sinais de prontidão, auxiliar na gestão das refeições, a preparação dos vários alimentos de forma segura e adequada nutricionalmente.
  • Saber informar sobre o risco de asfixia e como o minimizar.

Metodologia

  • Breve introdução teórica e partilha de experiências sobre o método BLW.
  • Exemplificação da composição de pratos BLW e de cortes para vários alimentos
  • Prevenção do engasgamento, como atuar e prática da técnica de desengasgamento
  • Como escolher ou adaptar recursos como a cadeira, copo, pratos e talheres
  • Visualização de vídeos exemplificativos

Discussão

No final do workshop os participantes serão capazes de fornecer informação baseada na evidência para auxiliar os pais a utilizar o BLW de forma segura e providenciar um acompanhamento adequado às crianças alimentadas com este método.